quinta-feira, 31 de março de 2011

Retratos da Vida

A menina tem 14 anos, é virgem e beijou apenas três meninos até hoje, sendo que ainda é apaixonada pelo último deles.
A menina não bebe, não fuma e também não usa drogas.
...
Numa sexta-feira à tarde, uma amiga convenceu a menina a mentir aos seus pais.
(E, por incrível que pareça, a menina não costuma fazer isso)
Ela disse que estaria na biblioteca da escola estudando e foi com a amiga em uma festinha na casa de sabe-se-lá-quem.

...
A menina entrou na casa.
O som de heavy metal encheu logo seus ouvidos e o fedor de cigarro quase a fez engasgar.
A menina detestou o lugar e, em vão, procurou a amiga para que fossem embora.
Mas a menina não tinha ideia de onde sua amiga estava...
...
Encostada na parede, em um cantinho da casa, a menina observava aquelas pessoas esquisitas.
De repente, com um sorriso no rosto, ele se aproxima da menina e pergunta se ela é sempre assim tão tímida.
A menina responde que está apenas aguardando que sua amiga apareça para que elas possam ir para casa.
Ele, então, sorri de um jeito esquisito e pede que a menina o espere por um minuto.
...
Quando retorna, ele traz um copo de bebida para a menina.
Ela diz que não tem sede, mas ele insiste que ela beba...
Ele sorri para a menina e diz que preparou a bebida com tanto carinho...
Ele parece simpático...
A menina bebe, por fim.
...
Ele pede que a menina fique onde está e vai falar com outro rapaz.
A menina, assustada, sente que alguma coisa esquisita está acontecendo com ela.
Ela está ficando atordoada, como se estivesse meio grogue...sua cabeça está girando...
(O que havia naquela bebida???)
A menina tenta falar com uma garota que passa ao seu lado e sua voz sai arrastada...
A garota apenas a olha com desprezo e se afasta...
...

Então ele volta, sempre sorrindo, e...beija a menina!
Ele pega a menina pela mão e pede que ela o acompanhe.
A menina não sabe para onde ele a está levando.
Tudo gira, as pessoas parecem desfocadas...
Ele apenas sorri quando a menina tenta falar e sua voz sai enrolada...
...
A menina sente que ele a deita em algum lugar...
(Uma cama, talvez?)
A menina começa a chorar, assustada...
A menina não sabe onde está! Não sabe o que está acontecendo com ela!
Ele sorri e diz a ela que está tudo bem.
Ela implora: "por favor...me ajude..."
Ele diz para ela ficar quietinha que logo tudo estará terminado...
O teto gira... às vezes tudo fica escuro...
A menina sente medo. Muito medo!

...
Ela sente que suas roupas estão sendo retiradas...
Ela implora para que ele pare... Ela diz que não quer...mas sua voz se arrasta, lenta, enrolada...
Alguém chega ao local onde ele e a menina estão...
Ela pede ajuda, mas eles apenas riem...
Ela tenta empurrá-lo de cima de seu corpo, mas seus braços parecem não querer obedecer...
A menina não sabe o que está acontecendo com ela!!! Ela está sem forças...
Ele afasta as pernas da menina e... ela sente uma dor aguda!!!
Ela tenta gritar mas o grito morre na garganta...
As lágrimas escorrem pelo seu rosto...
E ela reza para que tudo termine rápido...
...
A menina não sabe precisar quanto tempo aquilo durou...
A noção de tempo, aliás, escorre pelos seus dedos...
De repente ele sai de cima da menina e, sorrindo, malicioso, pergunta: "Você era virgem?!?"
A menina, corpo inerte sobre a cama, nada responde.
Apenas chora, sileciosamente...
...


ESTE POST RETRATA UMA HISTÓRIA REAL.

O motivo dele estar aqui no blog é para que sirva de alerta a todos, independente de idade, sexo, condição social.

Infelizmente, atos de abuso e violência (sejam eles de qualquer tipo) podem acontecer com todos e a qualquer momento, portanto, fiquem atentos!

E, se possível, divulguem ao máximo esse post para que mais pessoas estejam atentas ao que acontece, por vezes, debaixo de seus olhos...

Uma primeira versão deste texto, de minha autoria, está postado em http://drepente30.blogspot.com/, onde escrevo como convidada aos domingos. 

Caso desejo copiá-lo, sinta-se à vontade, porém peço a gentileza de que respeite a autoria e cite a fonte.

Grata.

Andréia B. Borba












 

51 comentários:

  1. Olá querida passando para registrar a minha presença. Parabéns pelo seu blog

    ResponderExcluir
  2. Nossa Déia, que história tocante... que desespero fui sentindo com a narração! É uma realidade tão triste e o pior ésaber que essa MENINA nunca mais será a mesma! A vida dela já está marcada pra sempre! É triste demais!

    ResponderExcluir
  3. Nossa que história triste eu fiquei chocada, imagina que horror gente. Dizer que isso é uma realidade. Bjoooo

    ResponderExcluir
  4. Oi...nossa....fiquei totalmente paralizada...torcendo para que não fosse uma história real...

    Vou linkar vc...no meu blog...se não se importar...

    Um grande abraço e PARABÉNS PELA INICIATIVA!!!!

    zIL

    ResponderExcluir
  5. É preciso denunciar estes actos infames!
    NÃO HÁ DIREITO DE SE DESTRUIR UMA VIDA DESTA FORMA!

    ResponderExcluir
  6. Renato, Cami, Paulinha, Zil e mfc! Feliz por tê-los aqui!

    Renato, obrigada pelo carinho. Abraços.

    Cami, pois pense nesse desespero que vc sentiu ao ler a narrativa, multiplique zilhões de vezes e aí talvez tenhamos uma vaga ideia do desespero sentido pela menina... Triste, muito triste... Beijos querida.

    Paulinha, essas coisas realmente nos chocam quando são escancaradas a todos assim, dessa maneira... E é de fato muito triste que isso seja uma realidade constante...

    Zil, querida, muito muito muito obrigada mesmo por linkar o post ao seu blog! Penso que quanto mais pessoas se conscientizarem sobre o perigo real a que nossas crianças e adolescentes estão submetidos, mais chances teremos de evitar que histórias como a descrita acima aconteçam. É uma lástima saber que essas coisas acontecem bem debaixo de nossos narizes e não somos capazes sequer de perceber... Realmente fico muito grata a você por me ajudar a divulgar essa história real... Querida, um grande beijo p/ você e, mais uma vez, obrigada.

    mfc, concordo com você quando diz que ninguém, absolutamente ninguém tem o direito de destruir assim uma vida... Em casos como esses, a viol~encia não é apenas física, mas moral e até mesmo espiritual. Apenas acredito que, mais importante do que apenas denunciar atos covardes e infames como esses, devemos proteger nossas crianças e adolescentes, devemos tentar prevení-los e a todo a sociedade do perigo real e constante que os ronda. Pessoas que sofrem esse tipo de violência dificilmente denunciam, pois além da violência física, há a humilhação, a vergonha, o medo... Abraços, querido.

    Queridos amigos, agradeço a todos pelo carinho e peço que, por gentileza, divulguem ao máximo esse texto.
    Façam-no chegar às mãos de nossos jovens, dos pais, dos educadores...
    Um beijo a todos! Déia

    ResponderExcluir
  7. Andréia, sua atitude de postar isso foi maravilhosa,há muitas garotas do mesmo caso que se perdem facilmente,e a partir de então sua vida nunca mais torna-se ser a mesma,é triste mas temos que passar em frente para que cada vez mais pessoas se conscientizem.
    Obrigada por visitar meu espaço,o seu é divino,gostei imenso daqui,e já estou a seguir!
    Beijos e um ótimo dia pra ti!

    ResponderExcluir
  8. Olá Hellen! Querida seja muito bem vinda aqui no meu cantinho.
    Concordo com você. É necessário que pessoas que sofrem abusos e agressões sigam em frente e acreditem que ainda é possível ser feliz. Muitas crianças e jovens vítimas de abusos se calam e acabam por perder a fé na vida e nos demais. Isso é muito triste. A opção por publicar esse post foi para que possamos todos estar sempre atentos. Grande beijo, querida e sinta-se acolhida por aqui!

    ResponderExcluir
  9. Que foda, me senti muito mal lendo isso. Deu vontade de estar lá e poder ajudar. Eu bebo, fumo, curto rock, mas acho esse tipo de coisa uma absurdo, uma coisa grotesca, rude, inaceitável. Aff, fiquei aqui, parada pensando.

    Parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
  10. Oi vell! Tudo bem, querida?
    Pois é... Esse tipo de violência é absolutamente inaceitável... Mas acontece. E mais do que podemos imaginar... Grande beijo minha querida!

    ResponderExcluir
  11. Parabéns Déia pela tua iniciativa de concientizar
    as pessoas...de amolecer os corações, de abrir os
    olhos a realidade...

    Bom...

    Tem uma montoeira de selos no Menina Segredos
    pra você...vai lá e pegue os que puder:

    http://meninasegredos.blogspot.com/2011/04/selos.html

    Bjaum.*.*.

    ResponderExcluir
  12. Olá Déia vim visitar seu blog e te parabenizo adorei o blog ao mesmo tempo em que fala de poesia também tem seu papel social.
    Parabéns estarei sempre por aqui.

    Abraços
    Nardia

    ResponderExcluir
  13. Este é um relato que representa tantas histórias reais que infelizmente acontecem.
    Um beijinho Andréia! Continua a escrever e a mostrar o teu «grito» de revolta!

    ResponderExcluir
  14. Olá Hely,Nardia e Cláudio, tudo bem meus queridos?

    Hely, querida, obrigada pelo carinho! Acredito, sim, ser muito importante a conscientização... Quanto aos selinhos, obrigada!!! Pode deixar que irei até çá buscá-los. Bjs!

    Nardia, é um prazer imenso tê-la aqui em minha casa! Sinta-se à vontade, sim? Fico feliz que tenha apreciado! Grande beijo!

    Cláudio, obrigada pelas palavras e pela visita! Sem dúvida continuarei tentando fazer alguma coisa, ainda que pequena... Volte sempre que quiser! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  15. Olá, a realidade é dura e se todos nós não nos unirem contra esses monstros nada será feito. Muito bom esse post como alerta. Estou te seguindo, me segui tb. beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá Larissa tudo bem?
    Querida, é um prazer tê-la por aqui!
    Fico feliz que tenha apreciado o post e, realmente, é preciso que todos nos unamos em favor da conscientização. Grande abraço e seja bem-vinda!

    ResponderExcluir
  17. oi gata estou te seguindo amei seu blog se puder me visite
    beijunhus..

    ResponderExcluir
  18. Oi Aline! Obrigada pela visita. Que bom que gostou daqui. Volte sempre! Bjs.

    ResponderExcluir
  19. Déia,
    Muito obrigada pela visita!
    Eu já conhecia o teu canto, está entre os meus favoritos.
    E concordo, o silêncio é difícil. Mas quando aceitamos quem somos, enfim vale o esforço!
    Beijos e volte sempre

    ResponderExcluir
  20. Olá Lugana! Que bom vê-la por aqui!
    Muito obrigada pelo carinho! ;-)
    Sinta-se sempre bem-vinda por aqui e volte sempre! Bjs querida!

    ResponderExcluir
  21. Parabéns pelo post!
    Educativo! Adorei essa iniciativa!
    E assino embaixo, devemos nos importar sim!
    Pois isso vem acontecendo com muita freqüência, e se ninguém realmente se importar, o que acontecerá com todos que sofrem com isso?
    Beijos meus e um bom final de semana!

    ResponderExcluir
  22. Oi Pri!
    Querida, que bom ver vc por aqui!
    Pois né...acontece que a maioria das pessoas só percebe como é grande a frequência desse tipo de violência quando acontece consigo ou com alguém muito próximo... Uma triste realidade...
    Bjs grandes minha querida e bom findi p/ vc!

    ResponderExcluir
  23. Minha querida, passando pra lhe desejar um lindo final de semana!
    Beijos meus

    ResponderExcluir
  24. Pri, querida, muito obrigada!Que seu fim de semana seja excelente também! Bjs grandes p/ vc!

    ResponderExcluir
  25. Nossa senhora... sem palavras... é tanta maldade no mundo.. tanta coisa... parabéns pela iniciativa...

    Passei pra desejar um otimo domingo!
    bjos

    ResponderExcluir
  26. Oi Lia, tudo bem, querida?
    Pois é...de fato há muita maldade no mundo mesmo...
    Um ótimo domingo p/ vc tb! Bjs e obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  27. Olá Andréia..

    Estamos sempre tão acostumados a ler belas poesias
    lindos versos, sempre falando de amor... que quando nos deparamos com um post assim, nos sentimos chocados, a verdade, o realismo machuca..
    mas tem que ser levado adiante, a conscientização se faz necessária...

    Bela iniciativa aqui no teu espaço..

    e desde já agradeço a amável visita...

    beijoo querida...

    ResponderExcluir
  28. Nossa Andréia, a continuidade que você dá à história faz com que o leitor p´raticamente perca o fôlego ao ler. E trata de um tema difícil. parabéns pela coragem em abordá-lo e pela forma como o fez!

    ResponderExcluir
  29. Déia
    Parabéns pela iniciativa!
    Obrigada de coração pelo mimo no seu blog!
    Beijos mil querida!
    Tenha uma semana maravilhosa!

    ResponderExcluir
  30. Olá Callie, Irene e Peônia! Tudo bem meninas?

    Callie, obrigada pelo carinho e pela visita. Quanro ao texto, o objetivo era justamente esse, chocar. Quem sabe assim consigamos refletir sobre a importância da conscientização, não é mesmo? Bjs querida e sinta-se em casa por aqui!

    Irene, querida, fico feliz em vê-la por aqui. Pois é, de fato é um tema delicado, ainda mais em se tratando de uma história real, como é o caso. Que bom que você gostou da iniciativa. Bjs e volte sempre, viu?

    Peônia, querida, que bom vê-la por aqui! Que bom que gostou da iniciativa! Quanto ao mimo, foi de coração! Bjs e uma excelente semana!

    ResponderExcluir
  31. Querida, tem selinho pra vc lá no meu blog..
    Pega lá..
    Beijos
    E tenha uma otima semana
    Dry
    http://nanadrikinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  32. Oii, coomo vai?
    Amei teu Blog tá? Tão maduro e feminino *-*
    Tô ficando por aqui!
    beijos

    ResponderExcluir
  33. Olá Dry, Olá Mayy! Tudo bem queridas?

    Dry, obrigada pelo mimo... Adorei! Bjs querida e volte sempre!

    Olá Mayy! É um prazer imenso tê-la por aqui! Fico feliz que tenha gostado do blog. Sinta-se em casa, viu? Bjs e volte sempre, querida.

    ResponderExcluir
  34. Oi Andreia...

    Que bom que muitos opniram sobre o tema em questão...

    Obrigada pela gentileza...fico feliz!!!

    Vou levar seu selo e linkar no páginas de lembranças...

    Um beijo grande e o meu carinho!

    Zil

    ResponderExcluir
  35. Déia querida !!
    Infelizmente essas histórias cada dia se tornam mais comuns e impunes, é triste e preocupante.
    Bom você abrir um espaço no seu blog pra expor. A história é lamentável.
    Alertemos nossos jovens o tempo todo.

    beijo grande e boa semana pra você

    ResponderExcluir
  36. Oi Déia, estou com problemas pra acessar alguns blogs por causa do peso
    Tenho 1 mega de velocidade mas mesmo assim tem uns que travam e não carregam nunca, aí acabo desistindo de comentar, o que deixou uns bem irritados comigo rss
    To precisando comprar algo mais moderno, mas enquanto isso vou fazendo o que posso
    Quanto ao post, realmente é triste isso e já vi muitos casos
    Por isso a importância de cada vez mais conversarmos com os jovens e ter uma relação mais aberta no sentido de podermos instruí-los
    Beijos pra ti e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  37. Olá Zil, Olá Carlinha!

    Zil, querida, tudo bem?
    Pois é, também fiquei feliz que as pessoas tenham lido, refletido e interagido com esse post. Justamente para abrir espaço para essa reflexão foi que ainda não postei nada novo. Que bom que vc gostou do presentinho! Um grande beijo minha querida e boa semana!

    Carlinha, querida, tudo bem? Pois é...esses fatos não são isolados e sim mais comuns do que se imagina. Uma lástima! E meu objetivo ao abrir esse espaço no blog foi justamente o de alertar os jovens para esse perigo, cada vez mais real e constante... Saudades de vc, menina! Grande beijo e boa semana!

    ResponderExcluir
  38. Olá Isa! Tudo bem, querida?
    Pois é...na tentativa de personalizar o blog às vezes acabamos deixando-o muito pesado mesmo... Eu andei deletando algumas coisas para ver se facilita o carregamento...

    Quanto ao post, sim, é cada vez maior o número de crianças e jovens que são vítimas desses abusos hediondos. Uma triste realidade... Mas sempre que possível precisamos alertá-los...
    Querida, que bom vê-la por aqui! Um grande beijo e uma ótima semana, viu?

    ResponderExcluir
  39. Parabéns pelo post, pois serve de um alerta muito importante. Quantos casos parecidos como esse ocorrem durante um dia? Temos que lutar contra a violência. É uma história muito triste, mas estamos vivendo em um mundo atroz. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  40. Oi fabi tudo bem?
    Pois é, querida, muito triste mesmo essa história... Quem sabe esse alerta ajude alguém, não é mesmo? Bjs querida e boa semana!

    ResponderExcluir
  41. Olá Fer, tudo bem?
    Pois é...repugnante, para dizer o mínimo...Mas acontece. E com uma frequência assustadoramente alta...
    Bjs amada e boa semana!

    ResponderExcluir
  42. O post serve de alerta e reflexão, querida! Forte e real!
    Peço permissão para divulgá-lo por e-mail. Posso?
    Bjo e paz pra ti.

    ResponderExcluir
  43. Querida...

    tem selinho no meu blog pra vc!!

    Beijoos
    http://pathyoliver.blogspot.com/2011/04/200-seguidores.html

    ResponderExcluir
  44. Olá Marinha, olá Patrícia!
    Marinha, mquerida, fique à vontade para divulgá-lo por e-mail, sim.
    Que bom que gostou dele. Grande beijo e boa semana!

    Patrícia, querida, obrigada. Vou lá buscar. Bjs!

    ResponderExcluir
  45. Oi Andrea,lendo seu blog,um espaço forte e decidido nas suas opiniões,gostei.Nunca se cale diante de uma injustiça.Parabéns e obrigada pela visita será sempre bem vinda no meu blog e tb ja estou lhe seguindo

    beijos

    ResponderExcluir
  46. Olá yasmine, tudo bem?
    Querida, muito obrigada pelo comentário e pelo carinho!
    E realmente acredito que não devemos nos calar diante de injustiças... Bjs e sinta-se em casa por aqui! Déia

    ResponderExcluir
  47. Li cada palavrinha escrita nessa postagem com um nó na garganta. Não tenho filhos mas tenho sobrinhos adolescentes e é triste imaginar como anda feio esse mundo e infelizmente é preciso desconfiar das pessoas. Tenho uma imensa dificuldade em conviver e desconfiar ao mesmo tempo, mas a vida está nos conduzindo pra isso.

    Muito importante esse texto, Deia.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  48. Oi Milene, tudo bem minha querida?
    Pois é...É um fgato muitíssimo triste e revoltante, mas que ocorre com uma frequência assustadoramente alta. Lamentável... Que bvom vê-la por aqui minha querida. Volte sempre. Bjs grandes!

    ResponderExcluir
  49. Desgraçado. Tora que apodreça no inferno. Todo castigo para esse monstro é pouco.

    ResponderExcluir
  50. Oi Malô! Td bem querida? Seja bem-vinda e sinta-se em casa por aqui!
    Pois é...casos como esse nos provocam revolta, nojo, indignação... Infelizmente eles são mais comuns do que se pensa...
    Bjs minha querida!

    ResponderExcluir

"Onde eu não estou
as palavras me acham."
Manoel de Barros

Olá! Fico muito feliz pela sua visita! Responderei ao seu comentário por aqui, portanto volte logo, sim?
Um abraço apertado a todos que por aqui passarem!
Déia
PS: Não esqueça de deixar o link do seu blog no Mural de Devaneios (Mural de Recados) para que eu possa retribuir sua visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Analytics