segunda-feira, 20 de junho de 2011

Le Placard


Poucas pessoas sabem, mas amo filmes quase tanto quanto amo livros (eu disse quase!).
E alguns filmes, definitivamente, são uma verdadeira obra-prima.
É o caso do filme francês O Closet – Le Placard, no original –, do diretor Francis Weber (roteirista de A Gaiola das Loucas [1996], da versão original francesa Le cage aux folles [1978] e da continuação Le cage aux folles II [1980]).
O Closet (2001) é uma deliciosa comédia francesa que aborda, de maneira leve, sensível e bastante incomum, o tema da homossexualidade.
O filme conta a história de François Pignon (Daniel Auteuil), um medíocre contador de uma fábrica de produtos borracha, que fracassou em todos os aspectos da sua vida:
- foi abandonado pela mulher há 2 anos e ainda é completamente apaixonado por ela;
- é rejeitado pelo filho adolescente, que o considera entediante e sem graça;
- é constantemente desprezado e humilhado pelos colegas de trabalho, que o veem uma pessoa chata e insignificante
- e, como se não bastasse, ainda escuta um boato de que será demitido.
Sentindo-se fracassado e desiludido com a vida, Pignon decide suicidar-se, mas é impedido por Belone (Michael Aumont), seu novo vizinho, um ex-psicólogo empresarial, que o convence a desistir do suicídio e lhe oferece uma solução para manter-se no emprego e evitar a iminente demissão: assumir sua homossexualidade e “sair do armário”.
Pignon fica surpreso com a ideia, pois, afinal, não é homossexual, mas acaba concordando com o inusitado plano, que, surpreendentemente, revela-se perfeito. A empresa, uma fábrica de produtos de borracha, entre eles, camisinhas, decide mantê-lo no cargo por medo de sofrer represálias do público gay (que representa parte significativa de seus consumidores) e de ser acusada de homofobia.
A partir o momento em que a suposta homossexualidade de Pignon vem à tona, reações e situações inusitadas ocorrem, deixando entrever o quanto o preconceito ainda impera nas relações. Detalhe essencial é a brilhante e divertidíssima atuação de Gérard Depardieu, na pele do machão, preconceituoso e confuso Félix Santini.
Se engana quem pensa que O Closet é mais um desses filmes cheios de clichês ou carregados de dramas. A questão do preconceito é abordada com extrema leveza e com toques da mais fina ironia, que se faz presente ao longo de todo o filme.
Vale lembrar que, apesar de ser um filme cômico, as reflexões ele suscita são extremamente atuais e pertinentes e vão desde questões éticas e morais, até questões de relações interpessoais, tanto em nível social quanto profissional.
Enfim, O Closet é um filme interessantíssimo e, ao mesmo tempo, leve e divertido.
Recomendadíssimo!

video 

 
 
Ficha Técnica
Título no Brasil:  O Closet
Título Original:  Le Placard
País de Origem:  França
Gênero:  Comédia
Tempo de Duração: 84 minutos
Ano de Lançamento:  2001
Estúdio/Distrib.:  Warner Home Video
Direção: Francis Veber

27 comentários:

  1. Estou procurando títulos para assistir nesse feriadão que se aproxima, e este já esta na lista dos escolhidos. Vou assistir e colocar a resenha la no blog.


    Beijos moça!

    ResponderExcluir
  2. Esse nao conheço, adorei a hstória, vou procurar porque fiquei curiosa! rsrs

    ResponderExcluir
  3. Oi querida...tb amo filmes....vou procurar esse que vc recomendou...acho que não vi...

    passa no páginas que tem selo pra vc...

    boa semana pessoa linda...e muito querida...

    Zil

    ResponderExcluir
  4. Oi Jão, cami e Zil!
    Ah! Eu tenho certeza que vocês irão amar o filme@! É realmente muito bom!
    Vale cada minutinho...
    Bjs meus queridos! Déia

    PS: Zil, querida, obrigfada. Vou lá buscar!

    ResponderExcluir
  5. Olá Andréia!
    Não tinha conhecimento desse filme.. vou acatar a sua dica [:)]

    Beijocas super em seu coração..
    Verinha

    ResponderExcluir
  6. Olá mfc, olá Verinha!
    Amigos, tenho certeza de que irão gostar...
    Bjs aos dois!
    Déia

    ResponderExcluir
  7. Sou cinéfila de carteirinha!
    Brigadinha pela dica!!!
    Super beijo!

    ResponderExcluir
  8. Pe, querida, que bom que gostou da dica! O filme é realmente ótimo! Vale muito a pena!
    Bjs minha querida!
    Déia

    ResponderExcluir
  9. Boa dica! Irei assistir!
    Tb postei algumas dicas no final de semana. Bem bom mergulhar na cultura, não é?
    Bjo, querida.

    ResponderExcluir
  10. Uma dica de filme que estava procurando. Obrigada pelo presente, fiquei muito feliz em receber. Beijinhos estalados flor.

    P.S.: kd você no meu MSN, amiga? Estou com uma raiva desse MSN, não recebo convite.

    ResponderExcluir
  11. Sensi, querida, o filme realmente vale a pena!
    Que bom que gostou do presente!
    Pois é... o msn está doido... Ainda não apareceu coisa alguma...
    Bjs amada!

    ResponderExcluir
  12. Obrigada pelo selo!
    Ele tá aqui ó:

    http://epifaniasdeumaflor.blogspot.com/

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Pe! Que bom que você gostou!
    Já fui lá ver. Ficou uma graça!
    Bjs! Déia

    ResponderExcluir
  14. Boa sugestão, vou assistir! Obrigada!

    ResponderExcluir
  15. Oi Deia, muito legal saber um pouco desse filme, assim que possível vou assisti-lo, obrigada por compartilhar
    Beijos pra ti!

    ResponderExcluir
  16. Oi Fer, oi Isa! Tudo bem meninas?
    Olha, realmente torço p/ que vcs possam assistir, porque o filme é maravilhoso! Bjs amadas! Déia

    ResponderExcluir
  17. Dica anotada...vlw! Bjs e fik c Deus.

    ResponderExcluir
  18. Nana, querida, que bom que gostou! Bjs! Déia

    ResponderExcluir
  19. Oi Déia querida,


    Fiquei curiosa e vou assistir...
    Beijos

    Obs. Deixei outros 2 comentários e não foram....rs
    Se entrar outros pode apagar tá linda.

    Ani

    ResponderExcluir
  20. Ani, querida, pode deixar que se aparecer eu apagarei. hehehehe! E o filme é realmente ótimo! Vale a pena! bjs querida! Déia

    ResponderExcluir
  21. Amiga eu adoro filmes desse tipo,vou procurar pra ver se consigo assistir.ótima dica.bjão

    ResponderExcluir
  22. Val, querida, tenho certeza que vc vamar! Bjão!

    ResponderExcluir
  23. Oi Álvaro! Então você já assistiu? Uma maravilha, não é mesmo?
    Bjs querido!
    Déia

    ResponderExcluir
  24. Deia querida

    fiquei tão feliz com o selo e a sua indocação do meu blog como um dos que te inspiram, fico imensamente grata a você, aos eu carinho, amei o meu presente.

    A descrição que você fez do filme O Closet foi tão tentadora que vou correndo assistir, devem ser diveridíssimas as situações que um falso gay pode ter de enfrentar, e usar situações divertidas para passar mensagens sérias é atraente demais

    Beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  25. Van, querida, você realmente me inspira sempre! Que bom que gostou do presente!

    E quanto ao filme, realmente vale a pena assistí-lo! É uma obra-prima!
    Um beijo querida!

    ResponderExcluir

"Onde eu não estou
as palavras me acham."
Manoel de Barros

Olá! Fico muito feliz pela sua visita! Responderei ao seu comentário por aqui, portanto volte logo, sim?
Um abraço apertado a todos que por aqui passarem!
Déia
PS: Não esqueça de deixar o link do seu blog no Mural de Devaneios (Mural de Recados) para que eu possa retribuir sua visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Analytics