quarta-feira, 11 de maio de 2011

Entre quedas e recomeços. . .

A menina traz sempre consigo uma frase que aprendeu tempos atrás e que a si mesma repete todos os dias:

"Não quero passar a vida nas pontas dos pés para chegar sã e salva à morte . . . " .

É que a menina é dessas pessoas que seguem pela vida afora com leveza, descuidadamente, sem levar consigo bagagens excessivas e sem medir os pormenores de cada passo do caminho . . .
Por vezes a menina tropeça e cai.
Por vezes a queda é tão feia que ela se esborracha no chão e sangra.
E de tanto sangrar, ela chora.
E de tanto chorar, ela pensa que está completamente vazia.
. . .
Mas então a menina olha para as belezas do caminho e sorri por entre as lágrimas . . .
E decide levantar.
E levanta, ainda que mancando.
E segue em frente, mesmo com o sangue escorrendo.
E, de peito aberto e sorriso no rosto aprecia a beleza do caminho, a dureza do caminho e aprecia, até mesmo, as dificuldades do caminho.
A menina, então, sabe-se viva e sente-se plena . . .

Este texto, de minha autoria, também está postado em http://drepente30.blogspot.com/, onde escrevo como convidada aos domingos. Se desejar copiá-lo, sinta-se à vontade, porém, por gentileza, respeite minha autoria e cite a fonte. Grata. Andréia B. Borba

14 comentários:

  1. Que lindo Deia, e é assim mesmo, cada queda um novo recomeço
    Beijossss

    ResponderExcluir
  2. Texto belíssimo. Leve, e ao mesmo tempo profundo. Denso e ao mesmo tempo claro. Lindo, lindo, lindo! O menino dentro de mim é como a menina que você descreve. Faminto de viver. Maravilhoso!

    ResponderExcluir
  3. E é assim que se vive... e é assim que se aprende!

    ResponderExcluir
  4. A menina, então, sabe-se viva e sente-se plena . . .

    nada mais Lindo!!!!!

    grande bjo querida Déia!


    Zil

    ResponderExcluir
  5. Que texto maravilhoso Déia!!! Tem que vir de vc né amiga?! Adorei demais!
    beijos!

    ResponderExcluir
  6. Você escreve muito bem amiga. Viver com leveza é tudo que eu busco e mais quero. A bagagem ter que ser leve e levar o que é realmente essencial. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  7. Com certeza não devemos ter medo da vida.. quedas existem justamente para nos mostrar o qto é gratificante termos forças para nos levantar!

    Beijocas super em seu coração Andréia!

    Verinha

    ResponderExcluir
  8. Que belo texto Andréia, gostei muito!

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. "Caio sempre
    Derrubam-me sempre
    Não me param nunca"


    Lindo texto moça, descreve bem nós "os sonhadores"


    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. ...traigo
    sangre
    de
    la
    tarde
    herida
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    COMPARTIENDO ILUSION


    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...




    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE MEMORIAS DE AFRICA , CHAPLIN MONOCULO NOMBRE DE LA ROSA, ALBATROS GLADIATOR, ACEBO CUMBRES BORRASCOSAS, ENEMIGO A LAS PUERTAS, CACHORRO, FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER ,CHOCOLATE Y CREPUSCULO 1 Y2.

    José
    Ramón

    ResponderExcluir
  11. Olá amigos queridos! Como estão?

    Fer, querida, que bom que gostou! bjs!

    Isa, querida, obrigada pelo carinho de sempre! Bjs amada!

    Sandes, muitíssimo obrigada por suas palavras! Fiquei muito feliz que você tenha gostado! Bjs querido!

    mfc, querido, realmente, é assim que se vive realmente a vida... Bjs querido!

    José, querido, que coisa mais linda! Obrigada! Seja sempre muitíssimo bem-vindo e sinta-se em casa por aqui! Beijos querido!

    ResponderExcluir
  12. Lindo seu texto Déia...lindo ver de certo modo, a "menina" que habita cada uma de nós...lindo ter coragem de viver assim, enfrentando a vida com coragem, com determinação, com desejo de viver intensamente.
    Beijos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  13. Oi Val, td bem querida?
    Sim, de fato a menina que habita todas nós anseia pela vida, em toda sua plenitude...
    bjs querida!
    Déia

    ResponderExcluir

"Onde eu não estou
as palavras me acham."
Manoel de Barros

Olá! Fico muito feliz pela sua visita! Responderei ao seu comentário por aqui, portanto volte logo, sim?
Um abraço apertado a todos que por aqui passarem!
Déia
PS: Não esqueça de deixar o link do seu blog no Mural de Devaneios (Mural de Recados) para que eu possa retribuir sua visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Analytics